segunda-feira, 22 de fevereiro de 2010




Esqueça a data, esqueça os prazos que te dei,
O amor não tem data, nem hora marcada,
Não é uma consulta, nem uma conta.
É espera, doação, reciprocidade e principalmente cumplicidade.

Esqueça os conselhos das pessoas,
O amor, não é forçar a barra,
Você tem que sentir e querer.
Tem que desejar, pegar, arrepiar mas principalmente querer.

Enquanto existir a dúvida, a mim só resta te esperar ... ou não.

sexta-feira, 12 de fevereiro de 2010